Nossos serviços estão apresentando instabilidade no momento. Algumas informações podem não estar disponíveis.

Pesquisa Trimestral do Leite

O que é

Investiga informações sobre as quantidades de leite fluido cru, tendo como unidade de coleta o estabelecimento que se dedica à industrialização de leite de vaca e está sob fiscalização sanitária federal, estadual ou municipal.

A Pesquisa Mensal de Leite teve início em 1976 e investigava, de modo censitário, a quantidade de leite adquirido e/ou recebido para transformação; a quantidade de leite destinado à industrialização no próprio estabelecimento; a quantidade de leite transferida e/ou comercializada; e a quantidade de leite estocada. Ao longo do tempo, ocorreram alterações e aprimoramentos em variados aspectos da pesquisa – escopo; composição do cadastro de informantes; periodicidade; metodologia; conceituações; instrumento de coleta –, os quais se refletiram, também, em sua denominação atual. Em razão das mudanças metodológicas ocorridas, os dados da Pesquisa Trimestral do Leite, implantada em 1997, não devem ser comparados aos da Pesquisa Mensal de Leite, uma vez que elas apresentam características distintas, tanto no que concerne à constituição dos cadastros, quanto no que diz respeito às variáveis investigadas. Mais recentemente, em 2013, houve a introdução do questionário on line, e o informante passou a ter a opção de realizar o preenchimento dos dados pela Internet. A partir de 2019, as indústrias de laticínios sob inspeção sanitária cadastradas na pesquisa passaram a ser consultadas sobre o preço pago pela matéria-prima adquirida (leite cru in natura, resfriado ou não) para subsidiar a estimativa do preço médio pago ao produtor, obtido na Pesquisa da Pecuária Municipal - PPM, também realizada pelo IBGE. Para tal, o questionário da Pesquisa Trimestral do Leite foi reformulado com vistas à inclusão da variável preço médio pago a cada mês, mas essas informações, embora investigadas durante dois anos, não foram objeto de divulgação, sendo utilizadas, apenas internamente, pelo IBGE em suas análises de consistência. Após dois anos de coleta, análise e comparação das informações obtidas com outras provenientes de fontes externas, os dados mostraram uma boa consistência para divulgação como estatísticas experimentais a partir de 2022.

A pesquisa fornece informações sobre as quantidades de leite cru adquirido, leite cru recebido por transferência, leite cru destinado à industrialização, e leite cru vendido ou transferido a outros estabelecimentos. Não são considerados na investigação os estabelecimentos que apenas realizam o resfriamento do leite (postos de resfriamento) para a própria empresa a que pertencem, ou para terceiros.

A periodicidade da pesquisa é trimestral, sendo que, para cada trimestre do ano civil, os dados são discriminados mês a mês. Sua abrangência geográfica é nacional, estando condicionada a um painel sistematicamente atualizado, com inclusões e exclusões de estabelecimentos em virtude da dinâmica dessa atividade produtiva. Os resultados são divulgados, preliminarmente, para Brasil e Unidades da Federação, com defasagem de um trimestre entre a coleta dos dados e a sua divulgação. Os resultados agregados do ano de referência são divulgados quando ocorre a divulgação dos resultados do último trimestre do ano. Cabe ressaltar que esses dados ainda não são definitivos, podendo sofrer alterações até a divulgação dos resultados do primeiro trimestre do ano seguinte ao de referência da pesquisa. A partir do primeiro trimestre de 2018, atendendo solicitações de usuários para acesso mais rápido às informações da conjuntura da pecuária, passaram a ser divulgados os "Primeiros Resultados" da Pesquisa Trimestral do Leite para o nível Brasil, em caráter provisório. Eles se tornam disponíveis cerca de um mês antes da divulgação dos "Resultados Completos" no periódico Indicadores IBGE: Estatística da Produção Pecuária. A partir de 2022, os dados referentes ao preço do leite cru pago ao produtor passaram a ser divulgados como estatísticas experimentais. Os preços são mensais, obtidos, trimestralmente, a cada período de coleta da Pesquisa Trimestral do Leite, com os mesmos instrumentos de coleta e metodologia.

Estas estatísticas são classificadas como experimentais e devem ser usadas com cautela, pois são estatísticas novas que ainda estão em fase de teste e sob avaliação. Elas são desenvolvidas e publicadas visando envolver os usuários e partes interessadas para avaliação de sua relevância e qualidade. Caso deseje deixar uma crítica ou sugestão, clique aqui para deixar sua opinião.

Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida

0/500

Preencha corretamente.